Analise Tecnica – Como Reconhecer Quebras Falsas

Melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • Binomo
    Binomo

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • FinMax
    FinMax

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Parte 30: Análise Técnica – Como Reconhecer Quebras Falsas com Exemplos

Eu acredito que este não seja o primeiro artigo que você esteja lendo sobre o assunto. Mas de qualquer forma, antes de começar eu devo mencionar que os sinais falsos fazem parte do trading, o que você certamente já sabe. Algumas vezes, você observa uma zona importante de suporte ou resistência e, eventualmente, vê uma quebra. Você pode reagir ao tomar uma posição, mas de repente, o mercado reverte. Então, você fecha sua posição e continua a esperar. O mercado brinca com você e, às vezes, o joga para fora.

Nota: Este artigo é mais detalhado que de costume e, se comparado com nossos artigos padrão, um pouco maior. No entanto, eu acredito que você irá se beneficiar com ele. Então, vamos começar a ver como minimizar as perdas causadas por quebras falsas.

Quando e por que as quebras falsas ocorrem

Normalmente, seu gráfico identifica níveis importantes de suporte e resistência. Esses níveis representam pontos em que você deve esperar uma reação de algum tipo. Se o nível for muito forte, pode-se esperar que o mercado se recupere. No entanto, e se ele quebrar? É um sinal falso ou uma oportunidade para um bom negócio?

Você nunca pode ter absoluta certeza se esta é uma quebra séria (real) ou falsa. De qualquer forma, se você leu sobre como grandes jogadores podem manipular o mercado, você sabe que nunca se pode ter certeza. Não há certeza no mercado forex ou nos mercados em geral. Você já sabe que, às vezes, ter uma ideia lógica e as probabilidades do seu lado será suficiente.

Suporte e Resistência

Existem várias zonas importantes em cada mercado, que você deve marcar graficamente. Normalmente, essas linhas incluem linhas de tendência, linhas de suporte e resistência locais, linhas pivô ou saldo inicial. Obviamente, o gráfico também mostra o máximo/mínimo e outras formações importantes.

Desenhe todas as linhas de suporte e resistência em seu gráfico, seja ele baseado na ação de preço, sequência de Fibonacci ou em qualquer outro indicador. Não se esqueça de que você deseja ver as linhas em todos os períodos de tempo. Por exemplo, do ponto de vista anual, pode parecer que o mercado não reagiu em um nível de suporte ou resistência, mas no de 15 min ou 5 min, você quase sempre verá uma reação oferecendo um ou vários negócios lucrativos. Com base nisso, é necessário ver as linhas em todos os períodos.

Como reconhecer uma quebra real e uma quebra falsa

Em vez de perder tempo, vamos direto às quebras. Os níveis de suporte e resistência já estão desenhados no gráfico, o preço está se aproximando e uma quebra ocorre. O que fazer agora?

Zonas de Tolerância

Utilize a zona de tolerância. Não negocie em uma quebra após apenas um pip. As linhas de suporte/resistência em seu gráfico podem não ter sido desenhadas precisamente. Especialmente quando a linha da tendência é longa, uma série de pequenos desvios resultará em um desvio muito maior. De qualquer forma, mesmo que suas linhas sejam desenhadas com mais precisão, a linha pode ser testada e a quebra de um pip não pode ser considerada como uma quebra real.

Sua zona de tolerância depende do período de tempo que você negocia. Com suporte de um ano, certamente será maior que 30 min. O instrumento que você está usando também é relevante – a faixa pode ser de 3 a 30 pips. Por definição, uma quebra real é quando o mercado supera nossas linhas de suporte/resistência, incluindo a zona de tolerância.

Alguns traders esperam até que o candlestick se feche abaixo do suporte/acima da resistência (isto é, a zona de tolerância determina o fechamento do candlestick em uma quebra). No entanto, existem outras opções como, por exemplo, a negociação de um retrocesso já confirmado (pullback).

Melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • Binomo
    Binomo

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • FinMax
    FinMax

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Como já explicamos, uma zona de tolerância de alguns pips ou outra confirmação de uma quebra é fundamental. Isso é demonstrado na figura abaixo. Um mínimo significativo gerou forte suporte. Esta linha foi testada mais tarde e, como mostrado no gráfico, a linha de suporte foi quebrada por alguns pips. Como você pode notar, no final, essa quebra acabou sendo falsa e o mercado reverteu.

Seria melhor não negociar nesta quebra. Sempre reserve um espaço para uma “zona de tolerância”.

Até mesmo uma forte linha de suporte pode ser ultrapassada por alguns pontos. Esta é uma prova clara de que a negociação cega da linha de suporte/resistência não vale a pena. Qualquer reação exige uma lógica na forma de mais confirmações ou, pelo menos, uma zona de tolerância. Além disso, ADX ou volumes decrescentes de negociações podem protegê-lo contra quebras falsas.

Jogadores grandes e pequenos

Grandes jogadores enfrentam um problema: a quantidade de dinheiro que possuem é muito grande. O mercado é um lugar onde a oferta e a demanda entram em jogo. Se os grandes jogadores quiserem comprar mais do que o mercado é capaz de absorver, eles não encontrarão uma contraparte. A razão é simples: a demanda excessiva elevará o preço a tal ponto em que os grandes participantes deixarão de querer negociar.

Esses grandes jogadores podem ver o mesmo gráfico e você sabe que os stop losses ou ordens de espera tendem a ocorrer perto de linhas S/R importantes. O número de ordens não pode ser ignorado e, portanto, eles decidem usá-lo para fazer uma ordem por conta própria. Em um caso como este, uma quebra falsa pode ocorrer – na verdade, iniciado pelos grandes jogadores que tentam obter lucro com seus stop losses e percebem seu enorme volume de ordens.

Um problema frequente que os grandes jogadores enfrentam é o volume de capital. Observe o gráfico abaixo para ver como eles lidam com tal situação. Movendo-se horizontalmente, eles acumulam capital em pequenas porções para criar um forte suporte que é mais tarde quebrado, recebendo o lucro do stop loss e investindo o resto do capital. Este é um movimento exemplar.

Quebra falsa e a obtenção de lucro com os stop losses. Nós recomendamos que você leia nosso artigo sobre os grandes jogadores.

Ação de preço

Eu admito que, pessoalmente, prefiro a ação de preço, mas vou mostrarei também indicadores. Para mim, o principal fator ao observar os níveis é a tolerância. A situação agora é muito melhor do que no passado. Tempos atrás (5 – 7 anos), era normal ver preços diferentes oferecidos por corretoras individuais e até mesmo preços diferentes em plataformas de dois traders com a mesma corretora. Mesmo que a situação tenha melhorado significativamente, você ainda deve ter alguma tolerância, atraso no cálculo, etc. Eu considero tudo o que acontece dentro de uma faixa de 10-pips da linha de suporte/resistência como um toque no nível de suporte/resistência.

Em outras palavras, se eu quisesse negociar a quebra, eu identificaria como negociações de quebra aquelas dentro do intervalo de 10 pips. Então, ao negociar a quebra, eu não reconheço um intervalo menor que 10 pips acima de um nível significativo. Você pode achar isso uma prática obsoleta (usada quando os dados não eram tão precisos), mas ainda está em uso, porque alguns pequenos desvios também podem ocorrer.

Você deve sempre confirmar cada quebra de um nível. Antes disso, você deve considerá-la falsa. Normalmente, você espera até que o candlestick seja fechado na metade do nível de quebra. Se a quebra deixar apenas uma sombra (pavio), será um pin bar e mais um parâmetro de preço-ação forte. O pin bar estará a favor de uma quebra falsa.

Olhar para o gráfico pode ser o suficiente para entender o que está acontecendo. Você vê uma formação gráfica típica? Ou apenas um pin bar? Se você fizer isso, tenha cuidado enquanto a formação enfrenta a quebra ou esta esteja se aproximando. Eu consideraria reservar uma zona de tolerância maior ou ignorar essa oportunidade de negociação. Pelo contrário, se uma ação de preço confirma a quebra, este é um bom sinal para negociar.

Parece vago, mas é verdade: cada trader é diferente. Eu, pessoalmente, acredito que os pin bars mencionados são uma ferramenta muito útil. Se você não sabe o que é um pin bar, leia mais aqui.

Quebra falsa típiza com um pin bar

Na figura acima, você pode ver uma quebra falsa típica com um pin bar. Um bom exemplo, de fato. Se espera até que o candlestick seja fechado acima de um nível importante, você não entra na negociação. Caso contrário, tomar uma posição curta após o pin bar é uma opção tentadora.

No que se trata da ação de preço, vale a pena repetir termos como thowback e pullback. Um pullback ocorre quando o preço quebra o suporte e transforma a antiga linha de suporte em uma linha de resistência e continua em um movimento de baixa.

Com esta ação de preço, observe o fechamento do mercado e não negocie na primeira quebra incompleta (ela pode acabar sendo uma sombra), escolha uma zona de tolerância e repita as formações técnicas básicas. Eu tenho mais uma regra para adicionar: eu negocio o mesmo nível somente uma vez para um certo período de tempo. Desta maneira, eu não tomo uma longa posição com base em um sinal que acaba sendo falso. O que eu faria é fechar a posição, abrir uma nova – desta vez, na direção oposta – e, finalmente, reverteria. Alguns sinais falsos do mercado poderiam atraí-lo para uma armadilha, que é a razão pela qual vale a pena estabelecer uma regra semelhante (eu pessoalmente dou um dia para cada nível importante. Se a negociação no dia está perdendo, eu não levo mais este nível em consideração).

O exemplo abaixo mostra um nível de resistência que foi ultrapassado por alguns pips e depois quebrado. A zona de tolerância filtraria a primeira quebra falsa e você poderia negociar na segunda quebra, que é bastante agressiva. A zona de tolerância foi quebrada. Assumir uma posição valerá a pena se você esperar pelo fechamento do candlestick acima da resistência. O fechamento do candlestick acima da resistência (ou abaixo do suporte) é frequentemente criticado, já que o mercado pode mover muito. Por outro lado, é sensato esperar por um throwback e então assumir uma posição.

Um grande candlestick na direção da quebra, frequentemente, confirma sua veracidade

Observe a imagem abaixo. Nada pode estar a favor dos grandes jogadores, você ainda pode usar a zona de tolerância. A confirmação de uma quebra pode ocorrer em um pequeno período de tempo, ainda causando uma quebra falsa. Isto também pode acontecer e faz parte do trading. Sua estratégia de negociação certamente antecipa negócios perdedores. Lembre-se, essas coisas você não pode evitar, no entanto, elas podem ser minimizadas. Assim como um candlestick grande confirma uma quebra, um candlestick grande na direção oposta confirmará uma reversão.

Reversão na linha de resistência confirmada por um padrão de candlesticks grandes.

Tendência ou estagnação

Se você analisar corretamente o mercado, descobrirá que, na maior parte do tempo, o mercado se move para o lado, ou seja, fica estagnado. Mesmo as tendências de longo prazo podem sofrer movimentos de tendência, seguidos por movimentos laterais longos. Qual é a diferença entre tendência e estagnação?

Se você seguir uma tendência, é importante entender sua força. É sensato observar os indicadores de volume e a velocidade dos movimentos. Se os movimentos forem agressivos, isso pode sinalizar uma quebra próxima, seguida por uma segunda folga da tendência. Se, no entanto, é uma tendência lenta a longo prazo, você pode esperar pelo menos alguma desaceleração em um nível importante – por isso, esteja atento à quebra.

Se o mercado ficar estagnado, é provável que, em vez de uma quebra, ele reverta. A realidade é dura, a mudança na direção da tendência é inevitável. Tenha cuidado e confirme a quebra!

Como reconhecer um sinal falso usando indicadores?

Filtrando quebras falsas graças ao oscilador estocástico

Prestar atenção no oscilador estocástico, tipicamente com o intervalo de 80-20, e na interseção, que pode indicar uma reversão da tendência, é uma coisa útil. Outro bom indicador (condicionado pela sua confiança nos dados da sua corretora) é o volume. Se o volume aumentar, a quebra será forte, o oposto atesta uma quebra. O ADX e IFR também são utilizados com frequência.

Ao adicionar o oscilador estocástico (indicador) ao gráfico acima, você poderá ver que ele sinaliza uma reversão da tendência. Então, de acordo com o indicador, você não deve negociar a quebra.

Já mencionei o fato de que, quando se trata de indicadores, eu não gosto do atraso. Você está constantemente um candlestick para trás e não vê totalmente a presença. Ao usá-los em um back-test, os indicadores fazem um ótimo trabalho, mas na vida real, é pior. Com isso, não quero desanimá-lo. Às vezes, eu também uso os indicadores. No entanto, tenha cuidado. Deixe o candlestick lentamente fechar e analise tudo o que aconteceu no mercado. Não se distraia com o candlestick atual. Ele pode vir a ser muito útil. Sempre há a questão se não é tarde demais para usar um indicador. Eu recomendo que você combine os dois métodos.

Usando indicadores IFR e MACD

Quebras falsos de forex e outros mercados podem ser filtrados ao usar os métodos mencionados acima. Se você prefere negociar com indicadores, vale a pena observar o MACD ou IFR (para ver reversões potenciais de tendência no MACD ou sobrevenda/sobrecompra nos níveis 20 e 80 no IFR).

Como reconhecer uma quebra real

As imagens servem como uma demonstração de uma quebra típica. Note que mesmo esperando pelo fechamento do candlestick na segunda metade abaixo, um nível importante, permite que você entre no negócio (posição curta no nosso caso) e ganhe um lucro decente. A primeira imagem mostra o mercado, a segunda, mais detalhada, inclui um indicador.

Exemplo de quebra

Exemplo de quebra 2 (em detalhes)

Mais artigos sobre o assunto

Um oposto do reconhecimento de sinais falsos é a confirmação de reversões. Este tópico foi discutido no nosso site nos seguintes artigos:

Autor

Mais sobre J. Pro

Ao contrário do Stephen (o outro autor), ultimamente eu tenho pensado principalmente nos negócios online. Eu não tinha muito sucesso com dropshipping na Amazon e outras formas de ganhar dinheiro online, e só ganhava algumas centenas de dólares por ano. Mas então, as opções binárias chamaram minha atenção pela sua simplicidade. Agora fico feliz com isso, porque realmente vale a pena. Mais postagens

Parte 8: Análise Técnica – Quebras

Hoje vamos falar sobre quebras (breakout). Eu falarei, entre outras coisas, sobre o que são quebras, como uma quebra pode ser confirmada e como prever uma quebra. Se você tiver alguma dúvida, não hesite em escrever nos comentários ao final deste artigo.

Nós dissemos repetidamente que, se um trader quiser aumentar seus lucros, ele deve seguir as tendências o mais rápido possível – e é seguro – e continuar seguindo-as (tendências) até o momento em que recebemos um sinal de reversão de tendência. A tendência geralmente começa e termina com uma quebra de suporte e resistência ou de linhas de tendência.

O que é uma quebra?

No mundo das opções binárias e das negociações, uma quebra é definida quando o preço rompe a resistência previamente estabelecida e continua aumentando, ou vice-versa, rompe o suporte e, em seguida, continua caindo. As quebras geralmente indicam uma mudança na oferta/demanda do ativo e geralmente iniciam uma nova tendência. Esse é o motivo principal, que torna as quebras uma ferramenta vital para todos os traders, que levam a negociação a sério.

Se uma tendência quebra na direção que está seguindo, esse fenômeno serve como uma confirmação de que a tendência atual ainda é válida, ao mesmo tempo que uma quebra na direção oposta, àquela que a tendência nos mostra, provavelmente significa que a tendência sofrerá uma reversão.

Nós devemos, no entanto, tomar cuidados com quebras falsas, já que elas podem nos confundir.

Como reconhecer e confirmar uma quebra?

A primeira coisa é, como dissemos, uma quebra de uma linha de suporte/resistência já estabelecida. E igualmente importante é aguardar a confirmação disso, para que não seja apenas a criação de uma quebra falsa.

Imagem 1 – Níveis máximos e mínimos.

Primeiro, é importante definir uma zona de suporte e resistência. (Veja a Imagem 2) Em seguida, o nível mínimo de suporte e nível máximo de resistência. (Pontos A e B na Fig. 1). Isso servirá de nível/padrão para a quebra.

Se o preço ultrapassar esses níveis, consideramos que é um processo em andamento. Veja a Imagem 2. Aqui, uma quebra falsa está fora de questão.

Imagem 2: Área de suporte e resistência + quebras

No entanto, há também quebras falsas. Este termo é usado para descrever o momento quando o preço ultrapassa o nível de nosso suporte máximo/resistência máxima e, portanto, atua como uma quebra. Mas depois de um tempo, decide voltar. (Exemplo na Imagem 3)

Imagem 3: Uma quebra falsa

Alguns traders confirmam as quebras simplesmente quando o candle fecha acima da linha de resistência. Outros esperam até que outro candle feche acima. Tudo isso depende da sua personalidade e temperamento. Outros traders esperam que o preço atravesse nosso nível por uma certa quantidade de pips.

Outro método de confirmação de quebras é a quebra de outra linha, que está a X por cento de distância de nossa linha de suporte mínimo. O número X é escolhido por cada trader, novamente dependendo do seu temperamento. Mas, geralmente, varia entre 9 e 20.

100% é a distância entre o suporte e resistência atuais Veja a Imagem 4

Imagem 4: Exemplo do terceiro método de confirmação de quebra

Tudo que acabamos de ver em suportes e resistências funciona exatamente da mesma maneira para linhas de tendência. Dê uma olhada no exemplo da Imagem 5. Você entende? ��

Imagem 5: Conhecimento de quebras usado nas linhas de tendência

Nós podemos prever uma quebra?

Muitas vezes, podemos prever quebras se olharmos para qualquer indicador de volume. (Falaremos sobre isso na a seguir)

Se o volume aumenta com a tendência, isso significa que há o fortalecimento da própria tendência. Quando o preço se move abaixo do nível de resistência, e o volume está aumentando em todos os candles de alta e diminui em todos os candle de baixa, há a chance de estarmos na nossa zona de quebra de resistência.

Autor

Mais sobre Step

Eu queria construir um negócio de algum tipo e ganhar dinheiro desde que eu estava no ensino médio. Eu não tive muito sucesso até meu último ano no ensino médio, quando finalmente comecei a pensar em fazer negócios online. Hoje em dia, negocio opções binárias em tempo integral e é com muito prazer que compartilho minhas experiências com você. Mais postagens

Parte 23: Análise Técnica – Indicadores básicos (MA+BB)

A maioria dos traders de varejo baseia-se puramente na análise técnica. Não é de se admirar, a análise técnica é uma ferramenta relativamente simples, trazendo bons resultados. Em vários sites, você pode encontrar vários guias que ajuda os traders a usar essa ferramenta. Nosso site em si, contém (em nossa série sobre análise técnica) mais de 20 artigos sobre a análise de gráficos.

Quais são os indicadores mais populares da análise técnica e como usá-los nas estratégias de negociação? Leia mais.

Média móvel (MM)

Uma média móvel simples é claramente definida de acordo com seu nome. É o preço médio de um título durante um período específico. Cada trader pode escolher um período – o mesmo que o preço – a partir do qual a média móvel deve ser calculada. Normalmente, os traders escolhem entre os preços de abertura e fechamento. No entanto, você também pode escolher a mediana, média ou alta/baixa.

Ao negociar, próximo a MMS (média móvel simples) você pode encontrar MME (média móvel exponencial). É semelhante à SMA, exceto que mais peso é dado aos dados mais recentes. Isso significa que o preço de ontem é mais importante do que o preço de uma semana atrás. A MME também é conhecida como uma média exponencialmente ponderada.

Como usar a média móvel?

A primeira opção não dá um sinal para abrir uma negociação, mas é igualmente importante. Uma MM de longo prazo (com alta periodicidade) indica uma tendência. A tendência também pode indicar uma linha de tendência. A média móvel pode provar sua importância em muitas situações. Lembre-se: na maioria das vezes, os mercados se movem para os lados. Reconhecer uma tendência pode não ser tão fácil quanto parece à primeira vista.

Com a média móvel, você pode prever rapidamente uma tendência no mercado, decrescente ou crescente. Obviamente, nada é branco ou preto, mas na qualidade de ferramenta para fazer uma análise básica, este indicador é bastante apropriado.

Você certamente está mais curioso sobre estratégias de negociação, não é? Bem, a mais simples usa o cruzamento da média móvel e do preço. A situação pode ser assim:

Preço cruzando a linha de MM -> sinal para comprar ou vender

Outra opção é o cruzamento da média móvel, às vezes referida como cruz da morte. As combinações mais frequentes são as seguintes: 20 dias e 50 dias, 20 dias e 100 dias ou 20 dias e 200 dias. A média móvel com um período mais baixo é sempre mais volátil e, como tal, reflete os preços mais recentes. O cruzamento de uma média móvel de longo prazo de cima para baixo indica um sinal para vender, o oposto sugere um sinal para comprar.

Um cruzamento da MM (média móvel) -> sinal para comprar ou vender

Bandas de Bollinger

Outro indicador popular entre os traders, especialmente os iniciantes, são as bandas de Bollinger. Esta ferramenta foi inventada por John Bollinger nos anos 80. Como um indicador técnico, as bandas de Bollinger ajudam a visualizar a volatilidade e os níveis de preços relativos durante um determinado período de tempo. Quanto maior a volatilidade, mais ampla é a banda de Bollinger.

As bandas de Bollinger são baseadas, principalmente, em uma média móvel de 20 dias (aberta a mudanças) e um desvio padrão. As bandas superior e inferior geralmente formam o dobro de um desvio padrão. Bollinger aponta para uma área onde o mercado deve se mover e, uma vez que essa área é quebrada, a situação é considerada não padronizada, o que pode ser usado como um sinal de negociação (embora o próprio Bollinger não recomende especificamente esse método).

Bandas de Bollinger: o preço se moveu para fora da banda

Para que servem as bandas de Bollinger? Se uma banda for quebrada, este é um sinal de aviso ou confirmação de um padrão diferente. As bandas de Bollinger podem ser combinadas com outras ferramentas de análise técnica para ajudá-lo como o sinal principal ou confirmando.

DICA: Recomendamos o uso de bandas de Bollinger em uma simples estratágia para negociação de fundamentos. Para mais detalhes, leia aqui.

A análise técnica como tal é um tópico muito mais amplo. O que nunca recomendamos é desenhar linhas de tendência ou usar indicadores como IFR ou MACD. Tenha cuidado para não combinar muitos indicadores. Use de três a quatro indicadores de cada vez, não mais.

De qualquer forma, vamos revisitar o tópico (ou seja, indicadores básicos de análise técnica) em nossos próximos artigos.

Próximas Partes da Série de Análise Técnica

Autor

Mais sobre J. Pro

Ao contrário do Stephen (o outro autor), ultimamente eu tenho pensado principalmente nos negócios online. Eu não tinha muito sucesso com dropshipping na Amazon e outras formas de ganhar dinheiro online, e só ganhava algumas centenas de dólares por ano. Mas então, as opções binárias chamaram minha atenção pela sua simplicidade. Agora fico feliz com isso, porque realmente vale a pena. Mais postagens

Melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • Binomo
    Binomo

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • FinMax
    FinMax

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Like this post? Please share to your friends:
Como negociar opções binárias
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: