Reserva Federal Parcerias de Criptomoeda

Melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • Binomo
    Binomo

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • FinMax
    FinMax

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Reserva Federal Parcerias de Criptomoeda

VP da Reserva Federal Descreve os limites das Parcerias de Criptomoeda

Reserva Federal Parcerias de Criptomoeda. Federal Reserve banco de Boston vice-presidente Jim Cunha em diálogo com o corpo de criadores de Forbes Michael del Castillo no palco da Forbes 30 abaixo 30 Summit 2020 em Boston, Massachusetts. 1 de outubro de 2020Forbes

A instituição financeira do Federal Reserve, em Boston, fica a apenas dez minutos de caminhada do corredor da cidade de Boston, Plaza, o local onde a Forbes hospeda sua cúpula anual com menos de 30 anos.

Para ajudar na aventura de dois dias, Jim Cunha, do tesouro e da capacidade monetária do Fed de Boston, juntou-se a líderes de criptomoedas de todo o negócio para falar sobre a influência que o blockchain está tendo sobre o estilo que os americanos imaginam sobre os fundos e como fazer isto.

Durante uma conversa de 20 minutos, Cunha, em particular, um dos primeiros experimentos blockchain, alguns contribuintes de sua equipe de 200 empreenderam o uso de ethereum e Hyperledger. Cunha também definiu como a agência do banco central dos EUA interage com outros emissores e startups de moedas para obter conhecimento de como funciona o blockchain.

no entanto, o maior obstáculo que Cunha diz que os valiosos bancos enfrentam quando se trata de adotar a velocidade e a ausência de fronteiras da blockchain não é tecnológico. bem, o veterano de 30 anos do Federal Reserve diz que é a incerteza sobre a segurança dos grupos que constroem a blockchain que o deixa mais preocupado.

“Empregamos os grupos mais profundos o tempo todo”, afirmou Cunha, que ocupa uma instituição financeira significativa há mais de 30 anos. “Eu não entendo se vamos fazer isso com criptomoeda.”

Muitos desenvolvedores dentro do ecossistema de blockchain de origem-fonte optaram por ficar sob pseudônimo, e fraudes envolvendo o know-how provaram ser uma solução de sucesso para ganhar dinheiro com a tecnologia. mas por enquanto Cunha não está perdendo tempo explorando o know-how do interior.

Ele delineou algumas iniciativas diferentes, juntamente com a monetária do Moeda de Liquidação de Utilidade do projeto de Ubin e Clearmatics, de Cingapura, como exemplos de como os bancos significativos estão sendo influenciados pelo mundo da criptomoeda.

Independentemente do enfoque cauteloso de Cunha em como os negócios de criptomoeda de terceira comemoração podem se associar a bancos cruciais, ele listou vários esforços de instituições financeiras primárias, juntamente com o trabalho concluído na Suécia, como exemplos do que ele acredita que em algum ponto pode resultar em um estado gerido por dinheiro estrangeiro fiduciário emitido em uma blockchain.

“Eu forneço cinco anos”, observou Cunha.

Melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • Binomo
    Binomo

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • FinMax
    FinMax

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Em primeiro lugar, a emissão de um criptocrédito com alguns dos controles de despesas implementados por meio de bancos imperativos pode parecer um monte de trabalho desnecessário para consertar um dispositivo que funciona maravilhosamente bem para muitos indivíduos como é. No entanto, mais um orador na aventura, Jeremy Allaire, fundador econômico da Circle Information Superhighway, acredita que a integração da criptografia e da ordem pode lançar as bases para novas formas de mercado.

semana de fechamento A Allaire lançou formalmente o USD Coin, uma criptocorrência movida por meio do blockchain público ethereum e apoiada pelo dólar americano. Allaire argumentou que, usando o suporte das fichas com um dinheiro estrangeiro extra-estável, ele pode primeiro permitir negociações fora do horário de expediente e, finalmente, iniciar operações de lançamento entre mercados em todo o mundo, que estão sempre isolados.

Empréstimos para ajudar os problemas de Cunha, apesar do fato, se transformaram em um painel sobre uma maneira de corrigir a atratividade quebrada da criptomoeda. palestrantes incluindo Jalak Jobanputra, fundador Future perfect Ventures, Yin Wu, pai fundador da imundície do protocolo, e Warren, co-fundador da 0X, se referiu a como subir na taxa de muitas criptomoedas em 2020 e uma proliferação de tarefas mal avaliadas levou a um ressurgimento do ceticismo.

No entanto, para proteger essas considerações, os participantes também refletiram sobre a desconfiança que vêem no setor fiscal médio, especialmente entre os Millennials. enquanto Allaire buscava ganhar a fé com a ajuda de integrar a nova expertise a um dos principais equilíbrios históricos, os painelistas de um segundo painel concentraram-se em outras opções viáveis.

Neha Narula, diretora de forex digital do MIT, juntou-se a Tadge Dryja, um co-criador da rede Lightning para transações bitcoin, e Linda Xie, a fundadora da FX, em um painel sobre se a criptografia poderia fazer um possível potencial de mudança. A Scalar Capital, empresa de capital de missão criptografada, argumentou que o novo know-how, e não o dinheiro estrangeiro comum, era a melhor abordagem para o emprego difundido.

Tom Jessop, diretor de desenvolvimento de negócios da empresa na patrocinadora de investimentos da constancy, observou o que poderia comprar para criptografar definitivamente, como substituto do que acabamos de investir. No entanto, um dos aspectos que todos os oradores tiveram em normal mudou para o foco técnicas podem parecer ser a partir do zero.

Meltem Demirors, diretor executivo de estratégia da CoinShares, empresa de pesquisa de investimento baseada em criptografia, propôs considerar variáveis ​​não convencionais de um equipamento econômico que lembra a justiça, a entrada e a igualdade do sistema ao imaginar novas dicas sobre como movimentar dinheiro.

“Agora temos que trabalhar coletivamente para definir o caminho a seguir para quem tem o direito de imprimir dinheiro e quem tem o direito de descrever para nós, a meu ver, e mutuamente o que tem preço”, concluiu Demirors.

Bitcoin

Porque você NÃO deve escrever Bitcoin no extrato bancário

Usuários de Bitcoins devem evitar escrever a palavra BITCOIN no extrato bancário no momento da transferência para evitar o risco de ter a conta-corrente encerrada.

Ao enviar dinheiro para uma exchange para comprar Bitcoin é comum que você veja a seguinte mensagem: “Favor não escrever a palavra Bitcoin em nenhum campo bancário no momento da transferência do dinheiro”, pouca gente sabe o porquê disso. Infelizmente o Bitcoin é encarado por muitos bancos como um inimigo, se a instituição perceber que a conta está sendo movimentada para a compra e/ou venda da criptomoeda pode encerrar unilateralmente a sua conta por desinteresse comercial, puro preconceito!

A alegação de bancos ao não aceitar exchanges de Bitcoin e encerrar a conta bancária de clientes que usam para comprar ou vender Bitcoins é de que a criptomoeda ainda não é regulamentada no Brasil e pelo fato dela apresentar um grande risco para o banco, com possibilidade de: sonegação de impostos, lavagem de dinheiro, evasão de divisas, etc.

BITCOIN (BTC) é um dinheiro virtual que não é controlado por nenhum banco central.

É ignorância tecnológica achar que toda transação com Bitcoin será ilícita, conheço vários amigos que até declaram seus BTCs no Imposto de Renda, a própria Receita Federal já recomenda que o contribuinte informe a quantidade que tem neste que é considerado um ativo financeiro.

O que podemos fazer é boicotar os bancos que – de alguma forma – dificultam a vida de quem utiliza Bitcoin. O Banco Itaú, por exemplo, é uma das instituições que apresenta o maior repúdio com esse tipo de transação, basta observar que nenhuma exchange brasileira possui conta no laranjinha.

Já tive minha conta pessoal no qual mantinha uma relacionamento de quase 13 anos encerrada depois que vendi Bitcoin a uma pessoa e ela escreveu a palavra BITCOIN no extrato bancário. Dias depois recebi uma correspondência comunicando o encerramento por desinteresse comercial.

Fica a dica: mesmo que o banco não demonstre ser contrário ao BTC, jamais escreva a palavra BITCOIN na identificação do seu extrato . É sempre bom evitar! Ao vender a criptomoeda também oriente seus compradores a jamais fazer esse tipo de anotação no momento da transferência bancária entre contas da mesma instituição, DOC ou TED.

Como transformar o Bitcoin em dinheiro estatal

Transforme seus Bitcoins em Reais, Dólar, Euro ou qualquer outra moeda com a abertura de uma conta offshore pela internet: LeuPay e WB21.

Caso você esteja começando a usar o Bitcoin é normal que algum dia precise transformar a criptomoeda em dinheiro estatal. Embora o uso e a aceitação do BTC esteja aumentando cada vez mais, são muitas as situações em que você pode precisar de Dólar, Euro, Real ou qualquer outra moeda, essa pode, inclusive, ser uma estratégia para diversificar seus investimentos caso a maioria dos seus pagamentos já esteja sendo feita em Bitcoins. Neste artigo ensinaremos uma forma fácil, rápida e segura para transformar Bitcoins (ou Altcoins) em outras moedas.

BITCOIN (BTC) é um dinheiro virtual que não é controlado por nenhum banco central.

Exchanges como Bitstamp, Poloniex e Kraken, por exemplo, permitem comprar e vender Altcoins através da transferência do valor por meio de uma conta bancária de mesma titularidade. Embora no Brasil seja possível enviar e receber dinheiro para as exchanges através de transferência internet, acaba não compensando devido ao alto custo das transações e ao grande deságio da moeda, além é claro, de ter que pagar vários impostos ao fazer a retirada (carnê leão).

O problema pode ser solucionado com a abertura online de uma conta bancária, sim é possível! Você poderá abrir uma conta offshore através do LeuPay e também pelo WB21, fiz o teste e eles permitem a transferência de dinheiro de/para exchanges, pois criam uma conta virtual com IBAN próprio e que permite receber transferências internacionais, SEPA ou SWIFT com baixo custo.

Para transformar seus Bitcoins em saldo no LeuPay ou WB21 basta usar uma exchange como Bitstamp, Poloniex ou Kraken e vendê-las, com o saldo na exchange basta pedir a transferência para o LeuPay ou WB21.

Tanto o LeuPay quanto o WB21 permitem a criação de contas em várias moedas, nenhum deles cobra tarifa de manutenção, as taxas podem ser consultadas no respectivo site de cada fintech. O LeuPay, por exemplo, é correspondente do SATABANK, um banco com sede em Malta na União Européia. Já o WB21 é um banco global com sede em Singapura.

Para os brasileiros destacamos o WB21, ele é o único que permite a abertura de conta em reais. O “Banco Digital Global” – como ele se denomina – não exige a apresentação do CPF, mas ele pede o passaporte ou outro documento de identificação com foto para validar a identidade do solicitante da conta e dar mais segurança as operações.

Como funciona o Cofre Coinbase – BTC Vault

Cofre virtual da Coinbase permite que o utilizar defina vários signatários para aprovar transações, além de poder armazenar a chave de criptografia por conta própria.

Para quem possui uma quantia expressiva em Bitcoin é preciso redobrar o cuidado na hora de guardar as suas criptomoedas. A Coinbase é uma das e-wallets mais seguras para isso, além de oferecer facilidade para gastar seus bitcoins por meio de um app disponível para Android e IOS. Hoje falaremos do BTC Vault ou Cofre Multi-assinatura de Bitcoin da Coinbase, ele foi criado para proporcionar ainda mais segurança aos usuários. A principal diferença do cofre é que ele permite definir mais de um utilizar para aprovar transações, além de contar com um recurso que faz com que as retidas do cofre fiquem bloqueadas por um determinado período para garantir que não existe nenhum problema com aquela transação.

Coinbase Vault é uma opção mais segura para armazenar seus bitcoins (divulgação)

Há três tipos de chaves:

A “chave” é o código que criptografa a wallet e permite a utilização dos recursos, são elas:

  • Chave Coinbase – A própria Coinbase cuida do armazenamento da chave, você não precisará se preocupar com detalhes técnicos.
  • Chave Partilhada – A senha da criptografia é armazenada pela Coinbase, mas o usuário tem a opção de armazená-la também.
  • Chave de utilizador – A responsabilidade pelo armazenamento é do usuário. Em caso de perda do código não será possível recuperar os bitcoins armazenados no Vault (cofre).

Armazenar o código por si só torna ainda mais seguro o armazenamento. Mas é preciso tomar cuidado, pois em caso de perda do código não será possível recuperar os bitcoins armazenados na wallet.

VANTAGENS:

  • Controle total ou parcial – é possível ter uma cópia da chave criptografada que a Coinbase guarda seus Bitcoins no cofre ou então optar por armazenar esse código por conta própria, sem o gerenciamento da Coinbase, dando mais segurança;
  • Gratuito – o cofre Coinbase é gratuito;
  • Segurança – Para retirar seus bitcoins do cofre é possível definir mais de um endereço de e-mail para aprovação (signatários), além da retirada dos recursos não ser imediata. Dá para definir, por exemplo, um tempo de 48 horas após a confirmação para que o valor seja transferido , com isso, você consegue bloquear qualquer tentativa de fraude que, porventura, possa acontecer em seu cofre;
  • As chaves são criadas e encriptadas no navegador;
  • Convide até 5 co-signatários para um cofre de grupo, aumentando a segurança, pois todos precisam aprovar as transações ;
  • A Coinbase não tem acesso aos bitcoin armazenado no cofre multi-assinatura. O usuário pode enviar o bitcoin sem utilizar a Coinbase através da nossa ferramenta de recuperação de código aberto;

Resumindo, o Cofre Coinbase só não é mais seguro do que uma Paper Wallet, mas pode ser uma alternativa tão segura quanto! Principalmente para quem não quer armazenar a criptomoeda no papel. É possível tirar várias cópias da chave Coinbase Vault.

Como declarar o Bitcoin no Imposto de Renda

A Receita Federal do Brasil (RFB) quer que o brasileiro declare a quantidade que possui em Bitcoins (BTC) ou qualquer outra criptomoeda, por meio do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF). E, em alguns casos, pague o imposto devido. Embora o fisco e nem o Banco Central do Brasil (BCB) considerem o Bitcoin uma moeda, eles determinaram que por ter características comerciais devem ser encaradas como um ativo financeiro. Para que a declaração seja possível, embora não exista nenhuma cotação oficial da criptomoeda, o governo aceita até mesmo a cotação de sites na internet.

Bitcoin é considerado para a Receita um ativo financeiro, sujeito à tributação, declaração e apuração de ganho de capital em caso de lucro (divulgação)

O que é o Bitcoin para o Governo:

  • O Bitcoin e outras criptomoedas se equiparam a um ativo financeiro, devendo ser declarado quando o contribuinte possuir valores equivalentes a R$ 1 mil na moeda digital;
  • Nas vendas com valores superiores a R$ 35 mil é obrigatório o pagamento de imposto ;
  • O ganho de capital – lucro obtido – deve ser declarado e tributado em 15% ;
  • Como não há cotação oficial podem ser utilizado a cotação de sites como o MercadoBitcoin, CoinBr e qualquer outra exchange que atue na comercialização da moeda virtual;
  • Para o governo o Bitcoin não tem características para ser considerada uma moeda, portanto não é regulamentado pelo Banco Central e nem pela Receita Federal;

Resumindo, o governo não considera o Bitcoin uma moeda, por isso não regulamenta, mas ele quer que paguemos imposto mesmo assim! Injusto não é?!

COMO DECLARAR O BITCOIN NO IMPOSTO DE RENDA

Caso você queira “ajudar” o governo e resolva declarar seu patrimônio em Bitcoins mesmo sabendo que a criptomoeda é anônima e não é controlada por nenhum Banco Central, vamos lá:

Como declarar o valor que possui em Bitcoins no IRPF – Os Bitcoins ou qualquer outra criptomoeda devem ser declarados na coluna “OUTROS BENS” do programa de preenchimento da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF);

Cotação – Como não há cotação oficial pode-se utilizar a cotação de qualquer exchange (corretora) na internet;

Ganho de capital – Para declarar o lucro com o Bitcoin é necessário baixar o Programa de Apuração de Ganhos de Capital, cujo download está disponível no site receita.fazenda.gov.br. Haverá a tributação de 15% sobre o lucro obtido com a venda da criptomoeda, o tributo deve ser pago por meio da DARF (Documento de Arrecadação da Receita Federal), que é como se fosse um boleto, mas sem código de barras.

Basicamente o que a Receita Federal está fazendo é pedir a colaboração do cidadão. Ainda não há meios para o Governo Federal ter acesso à quantidade de moedas que possui, a não ser que você utilize uma exchange brasileira que pede o seu CPF, neste caso, você não está totalmente imune aos olhos do leão.

Preciso ter muito dinheiro para investir em Bitcoin?

Última atualização em: 12 de outubro de 2020 às 21:47

O Bitcoin atingiu a marca de 640 dólares esta semana, no Brasil a criptomoeda já vale mais de R$ 2 mil. Aqui no blog recebemos diversas dúvidas, muitas deles é com relação ao montante necessário para começar a comprar Bitcoins. Neste artigo explicaremos de forma sucinta o quanto você precisará para começar a investir da criptomoeda.

Se você acha que precisará ter R$ 2 mil (valor atual de 1 BTC) para começar a investir em Bitcoins está muito enganado. Não existe montante mínimo, isso porque ninguém é obrigado a comprar 1 BTC inteiro, é possível adquirir frações de bitcoins.

BITCOIN (BTC) é um dinheiro virtual que não é controlado por nenhum banco central.

Se fosse exigido comprar 1 BTC inteiro não seria possível adquirir coisas de menor valor, já imaginou a tragédia que aconteceria?

A matemática nos ajuda, a criptomoeda é criptografia, que é pura matemática!

1 BTC é igual a 1,00000000 (oito zero após a vírgula), assim, você pode comprar frações de bitcoins. Exemplo 0,5 (meio bitcoin); 0,03; 0,00012, etc.

Lógico que ninguém vai ter o interesse em investir centavos em Bitcoin, o mínimo que uma pessoa vai investir é, geralmente, R$10,00. Não faz sentido alguém comprar R$0,10 (dez centavos) de Bitcoin, não é?!

A maioria das exchanges (corretoras) permite comprar Bitcoins a partir de R$10,00 ou R$30,00. O meu conselho é que comece investindo com pouco dinheiro, depois que já estiver com prática, invista valores maiores.

Onde comprar Bitcoin:

  • FoxBit
  • MercadoBitcoin
  • CoinBr
  • BitcoinToYou
  • LocalBitcoin

Existem várias outras exchanges que permitem comprar bitcoins no Brasil, a cada dia surgem novas opções.

O Local Bitcoin não é uma exchange, ele permite comprar diretamente de outros usuários através de uma plataforma parecida com o Mercado Livre, dando segurança ao comprador e ao vendedor.

Antes de comprar utilize o site biscoint.io para descobrir em qual exchange você encontrará o melhor preço.

Minha primeira compra com BTC foi com $10 foi daí que fui apreendendo como transferir dinheiro de uma wallet (carteira) para outra. Caso nunca tenha usado bitcoin na vida, baixe uma wallet no seu computador e outra no celular (ou em dois celulares) para ver como é simples!

Startup lança caixa eletrônico de Bitcoins no Brasil

A startup brasileira BitcoinToYou inaugurou um caixa eletrônico que permite a aquisição de Bitcoins, segundo a empresa o primeiro caixa eletrônico está localizado em Betim, Minas Gerais, porém, até o final do ano outros dez terminais de autoatendimento deverão estar disponíveis no país, São Paulo e Brasília já estão nos planos da empresa que atua no câmbio de moedas virtuais.

BitcoinToYou lança caixa eletrônico para compra de bitcoin usando dinheiro em espécie (divulgação)

O ATM permite que qualquer pessoa cadastrada na corretorada adquira bitcoins, o dinheiro depositado no caixa eletrônico é convertido em criptomoeda (na carteira virtual do usuário) ou então fica disponível em reais na conta do cliente na BitcoinToYou.

Além da criptomoeda mais popular, o Bitcoin, os consumidores podem usar o caixa eletrônico para depositar dinheiro na conta da corretora e, posteriormente, converter o valor em outras moedas virtuais como: Dashcoin, Dogecoin ou Litecoin, em breve novas moedas criptomoedas deverão ser agregadas ao serviço desta que foi a primeira corretora de Bitcoins do Brasil.

Segundo André Horta, diretor da BitcoinToYou, o processo para aquisição de bitcoins pelo caixa eletrônico é bastante simples, basta que o usuário tenha um cadastro no site da corretora ou baixe o aplicativo da empresa. Depois é só ir até um caixa eletrônico – que por enquanto está disponível apenas em Betim – e inserir o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) no equipamento, escolher o valor do depósito e depositar o “dinheiro vivo”, tal como as pessoas já fazem nos caixas eletrônicos dos bancos.

Quando o valor for compensado – o que ocorre no final do dia ou no dia seguinte – o valor fica disponível na conta da corretora, podendo ser convertido em Bitcoin ou outra criptomoeda, ou o cliente pode optar pela conversão automática do valor depositado para Bitcoin depois que o valor for compensando.

A moeda virtual ficará disponível na carteira virtual do cliente, podendo ser transfira para outras carteiras.
O caixa eletrônico visa facilitar a vida dos consumidores que não possuem conta em banco ou que não os utilizam por não estarem satisfeitos com o serviço. Qualquer pessoa munida do CPF pode fazer um depósito para adquirir bitcoins por meio da corretora.

Até o final do ano a espectativa é que cerca de 10 máquinas sejam instaladas no país.

Bitcoin é a forma mais barata para enviar dinheiro ao exterior

A criptomoeda Bitcoin pode ser usada inclusive para fazer remessas internacionais e o custo pode ser muito mais acessível do que o envio através de corretoras de câmbios ou bancos. Ao usar a moeda virtual o cliente terá uma cotação mais aproximada do Dólar, Euro ou qualquer outra moeda, além de ficar livre do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

Em vez de ir em um banco ou casa de câmbio para fazer a remessa ao exterior, o que geraria cobrança de impostos e a cotação da moeda estrangeira seria desfavorável ao consumidor, o cidadão pode comprar os bitcoins em reais usando exchanges. A pessoa que receber o dinheiro pode gastar esse valor em bitcoins ou então vendê-lo por meio de uma corretora local (dos Estados Unidos, por exemplo) e receber o crédito na conta bancária.

No Brasil existem diversas exchanges confiáveis, que contam inclusive com CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) no Brasil, dentre elas: Mercado Bitcoin, Foxbit, Bitcointoyou, CoinBR, dentre várias outras. Usar um comparador de preços é fundamental para encontrar o melhor custo-benefício do mercado.

VANTAGENS DO BITCOIN

  • Privacidade;
  • Livre de impostos (não há IOF, por exemplo);
  • Cotação de moeda é mais vantajosa;
  • Rapidez – Serve para enviar dinheiro para qualquer país;
  • Sem restrição de horário – é possível transferir Bitcoins a qualquer hora do dia, não existe limitação geográfica ou de dia/horário.

COMO ENCONTRAR A MELHOR CORRETORA PARA COMPRAR BITCOIN

Da mesma forma como muitos utilizam o Buscapé, Shopping Uol, Baixou ou qualquer outro site que compare preços na internet antes de fazer qualquer compra online, existe um comparador de preços de Bitcoin no Brasil. O site Biscoint (biscoint.io) permite descobrir qual a exchange (corretora) oferece a melhor taxa para compra, venda ou envio de moeda para o exterior.

Biscoint mostra qual exchange tem o melhor preço para comprar e vender bitcoins no Brasil (divulgação)

Utilizando a opção “DÓLAR” é possível descobrir qual é a vantagem de usar o Bitcoin em relação a uma transferência bancária ou casa de câmbio.

Qual o exchange mais barato para comprar Bitcoin?

Além do preço do Bitcoin usado pelas exchanges, as taxas cobradas também precisam ser levadas em consideração na hora de adquirir a criptomoeda no Brasil.

Se está pretendo comprar Bitcoins em reais no Brasil é importante pesquisar o preço em diferentes exchanges (corretoras) pois a diferença entre uma empresa e outra pode ser considerável. No site Biscoint é possível comparar o preço entre diferentes empresas para saber qual deles apresenta o melhor valor para comprar ou vender a criptomoeda.

Biscoint mostra qual exchange tem o melhor preço para comprar e vender bitcoins no Brasil (divulgação)

Muitos internautas estão acostumados a pesquisar o preço em sites como Buscapé, Shopping Uol, Baixou, Zoom e outros sites que comparam o preço em diferentes fontes antes de comprar qualquer coisa na internet. Pois saiba que para comprar e vender Bitcoin também existe um comparador de preço bastante eficiente, que permite descobrir até qual exchange oferece o melhor preço em relação as casas de câmbio para fazer remessas ao exterior.

Dentre os sites em que a ferramenta pesquisa preço estão:

Entre outras empresas;

MELHOR SITE PARA COMPRAR PREÇOS DE BITCOIN NO BRASIL

O site biscoint.io é o melhor site para comparar preços. Para utilizar o site é muito simples, basta informar a quantidade de Bitcoins que você deseja comprar (ou vender) e o site fará uma pesquisa de cotação para aquisição em várias exchanges no Brasil, com isso o internauta consegue descobrir a exchange que oferece a melhor taxa, tanto para a venda quanto para a aquisição de bitcoins.

Há também uma função de pesquisa por Câmbio, no qual é possível descobrir qual a corretora que apresenta a melhor cotação da moeda estrangeira se comparado com as casas de câmbio. Pois o Bitcoin pode ser a forma mais econômica para fazer remessas ao exterior.

Além de pesquisar no Biscoint, recomendamos que faça uma pesquisa também no Local Bitcoins, pois lá é possível comprar online ou em espécie de outros usuários e, em alguns casos, é possível conseguir uma taxa melhor do que através das corretoras de bitcoin que atuam no Brasil.

Dicas:

  • Antes de comprar ou vender Bitcoins pesquise o preço no site Biscoint e no LocalBitcoins para ter a garantia de fechar o melhor negócio;
  • Nunca deixe seus bitcoins na exchange, transfira-os sempre para uma carteira segura, de preferência que seja offline;
  • Se for adquirir a criptomoeda no site LocalBitcoin, verifique a reputação do vendedor antes de fechar qualquer transação;

Como comprar Bitcoin de forma segura e anônima

Ter uma reserva financeira em Bitcoins é uma forma segura de proteger o poder de compra, já que a tendência é que a criptomoeda ganhe cada vez mais valor devido a sua quantidade limitada de emissão. Neste artigo falaremos do LocalBitcoins, que é um site extremamente seguro para quem deseja comprar ou vender a moeda virtual, em alguns casos é possível negociar a compra e venda de forma presencial, evitando que o dinheiro tenha que passar por um banco ou corretora.

Site LocalBitcoins é um lugar seguro e confiável para se comprar e vender Bitcoins, desde que tomados alguns cuidados (divulgação)

Basicamente existem duas formas para se comprar no Local Bitcoins: OnLine e Presencial . Sendo que a primeira forma (Online) é a mais utilizada, você faz a transferência do valor para a conta da pessoa e recebe os Bitcoins que estão em custódia do site LocalBitcoins assim que o vendedor confirmar o pagamento.

A segunda forma é a venda presencial, ela requer mais cuidado, pois você deve escolher um local seguro para negociar a compra e venda da criptomoeda já que terá um contato direto com o vendedor/comprador. No geral, são escolhidos aeroportos, shoppings, condomínios, etc, lugares que proporcione segurança e sigilo para ambos os lados.

A forma presencial é usada, principalmente, por pessoas que presam pelo sigilo na negociação e não querem deixar rastros no sistema financeiro. Infelizmente muita gente usa essa segunda opção para sonegar impostos ou lavagem de dinheiro, já que não é preciso transferir o dinheiro e nem fazer um cadastro em uma corretora.

VANTAGENS DO LOCAL BITCOINS

  • Segurança – Em compras online os Bitcoins ficam custodiados pela LocalBitcoins, impedindo que o vendedor fuja com seus bitcoins após receber o depósito. Em caso de problema na transação basta abrir uma disputa pelo pagamento;
  • Sigilo – A maioria dos vendedores não exige nenhum documento de identificação do comprador. É possível transferir entre contas ou então realizar a transação de forma presencial (pagando em espécie);
  • Agilidade – As transações online costumam ser processas mais rapidamente do que se fosse realizada através de uma corretora;
  • Reputação – Vendedores e compradores possuem um esquema de reputação (parecido com o do Mercado Livre) assim você pode escolher vendedores confiáveis;
  • Preço – O preço praticado no LocalBitcoins costuma ser melhor do que o praticado por exchanges;

COMO COMPRAR BITCOIN PELO LOCAL BITCOINS

O procedimento é simples, são, basicamente, cinco etapas. Veja:

1 – Acesse o site localbitcoins.com e faça o seu cadastro. Nós recomendamos que valide o número do seu celular antes de efetuar qualquer negociação, pois muitos vendedores/compradores não aceitam fazer negócios com vendedores inseguros ou com baixa reputação.

2 – Escolha o vendedor. Essa etapa é muito importante, você deve analisar a reputação para definir se a pessoa é confiável. Veja abaixo como funciona o esquema de reputação:

É fundamental conferir a reputação do vendedor/comprador antes de concluir qualquer transação no site LocalBitcoins (reprodução)

  • Nome de usuário (username) é o nome da pessoal;
  • Logo após o nome, entre parênteses, você tem o número de trades (transações) e a reputação (exemplo 100% OK);
  • Preço do Bitcoin – valor atual de cada 1 Bitcoin inteiro;
  • Limites – valor mínimo e máximo que esse vendedor pode negociar com cada comprador;
  • Forma de pagamento – A forma de pagamento aceitável;

3 – Antes de clicar em comprar é preciso ler o Termo de Trade, que é um campo onde o vendedor especifica como pode ser realizado o pagamento. Alguns vendedores também impõem condições para a venda. Por exemplo, só faço trade com compradores com mais de X transações, reputação 100% e com a última negociação em até 1 mês;

4 – Clique no Botão comprar e informe a quantidade que deseja adquirir;

5 – Faça o pagamento ao vendedor. Caso seja necessário você poderá falar com o vendedor por chat. Após efetuar o pagamento informe no site, o vendedor liberará os seus bitcoins e eles poderão ser transferidos para a sua carteira virtual.

Para ter êxito na compra e venda de Bitcoin no LocalBitcoins é fundamental ter uma boa reputação. O site é seguro, já que, ao clicar em comprar, o vendedor tem a quantidade de Bitcoins adquirida retida pelo site, ficando em custódia em caso de disputa pelo valor, o que é raro de acontecer.

Dicas:

  • Confira sempre a reputação do vendedor/comprador antes de fechar qualquer negócio;
  • Se for comprar/vender em espécie (presencial) escolha sempre lugares seguros;
  • Honre sempre as suas transações, elas ajudam a construir a sua reputação no site;

Como pagar qualquer boleto bancário com Bitcoin

Última atualização em: 18 de setembro de 2020 às 19:49

O pagamento com Bitcoin está ganhando cada vez mais adeptos no país. Embora a grande maioria dos estabelecimentos aqui no Brasil ainda não aceitem pagamentos com a criptomoeda, existem cada vez mais startups que estão revolucionando o mercado ao disponibilizar soluções alternativas. Dentre elas podemos destacar a Pague com Bitcoin e a Bitbol que, enquanto este artigo estava sendo escrito, eram as únicas empresas a aceitarem bitcoins para pagar contas de consumo e boleto bancário.

Já é possível pagar contas e boleto bancário usando Bitcoins em sites com Pague com Bitcoin e Bitbol (divulgação)

Hoje em dia eu já pago quase tudo usando Bitcoin, faço até depósito bancário através de boleto bancário usando as opções mencionadas nessa matéria. Espero que tais serviços sejam úteis para aqueles que utilizam a criptomoeda.

Dentre as contas que podem ser pagas com Bitcoin estão:

  • Boleto Bancário – qualquer boleto;
  • Celular Pós Pago;
  • Fatura de cartão de crédito;
  • Água, Gás, Luz, Internet, TV a Cabo;
  • Hospedagem de sites;
  • Domínios;
  • Passagens aéreas;
  • Convênios médicos;
  • Produtos comprados pela internet;
  • Aluguéis;
  • Depósitos em cartões pré-pagos;
  • Depósito em conta bancária (Intermedium, Neon, Unobank, etc);
  • Entre outros serviços….

COMO PAGAR BOLETO COM BITCOIN

Pagar boleto bancário usando a criptomoeda – Bitcoin – é fácil e barato. Diferentemente de bancos e corretoras que cobram várias taxas, as corretoras costumam cobrar uma taxa mínima por operação. No caso do pagamento com Bitcoin a um pequeno deságio no valor da cotação da criptomoeda. Siga o passo a passo abaixo para conseguir pagar suas contas e boletos bancários:

1 – Acesse um dos sites que oferecem o serviço. Atualmente só há dois sites que disponibilizam o pagamento de boleto bancário e contas de consumo utilizando o Bitcoin, são eles:

2 – Selecione a opção “Pagar boleto com Bitcoin”.

3 – Informe o código de barras (linha digitável), valor e a data de vencimento do boleto;

4 – Faça o pagamento usando a sua carteira de Bitcoin;

5 – Pronto! Aí é só aguardar até 1 dia úteis para que o boleto seja pago pelo site;

Dica: Caso o boleto tenha vencimento muito próximo é recomendado entrar em contato com o site antes, já que o pagamento pode acontecer no dia seguinte. O ideal é pagar o boleto com antecedência mínima de dois dias úteis.

Outra dica é fazer a simulação nos dois sites antes de confirmar o pagamento de uma conta. Assim, você encontrará aquele que oferece as melhores taxas.

Reserva Federal dos EUA: estamos considerando as possibilidades de blockchain e criptomoeda

Representantes do Sistema de Reserva Federal dos Estados Unidos (FRS) disseram que sua organização estava aberta para usar a tecnologia de registro distribuído e moeda criptográfica em transações financeiras. Isso foi relatado pela revista Fork Log.

De acordo com o FRS, graças ao uso de “tecnologias do século XXI”, a interação entre os bancos centrais pode se tornar mais efetiva. Também no relatório publicado, diz-se que o regulador financeiro está estudando sistemas mais confiáveis, rápidos e efetivos, projetados para melhorar a eficácia da interação de bancos e outras organizações, tanto a nível nacional como internacional.

“O Federal Reserve considerará várias opções para melhorar os serviços existentes e continuará a estudar as propostas das partes interessadas, a fim de compreender melhor as possíveis consequências da introdução de novas tecnologias de pagamento, incluindo blockchain e criptomoedas, que possam melhorar a eficiência e segurança do sistema financeiro dos EUA”, declara o FRS em seu relatório.

Anteriormente, a FRS apresentou um relatório sobre a tecnologia de blockchain, onde examina possíveis áreas de aplicação da nova tecnologia, bem como as vantagens e desafios associados à sua implementação.

Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • Binomo
    Binomo

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • FinMax
    FinMax

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Like this post? Please share to your friends:
Como negociar opções binárias
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: